CONSTITUIÇÃO DO HOMEM

(vide também NÍVEIS DE CONSCIÊNCIA)

O centro da consciência do homem recebe o nome de regente monádico, de Regente-Avatar ou de Oitava Mônada (vide AVATAR e REGENTE MONÁDICO).

Pode-se dizer, para efeito de estudo, que é esse centro, verdadeiramente, o indivíduo em evolução.

Dele partem doze prolongamentos: sete mônadas, que fazem um percurso pelo universo material, e cinco Princípios, que permanecem no limiar da imaterialidade (vide CINCO PRINCÍPIOS, MÔNADA e NÍVEL ASTRAL CÓSMICO).

Na sua trajetória evolutiva ao longo dos vários estratos do universo (vide NÍVEL FÍSICO CÓSMICO), as mônadas desenvolvem os atributos que lhes permitem retomar ao regente, de onde emanaram.

Figura 01

Conforme as transformações que já começam a ocorrer na atual transição, para consumar-se na etapa vindoura da Terra para a força-vida-consciência de uma mônada manifestar-se, ela cria vórtices-semente que a acolham.

Em cada nível da existência material há um vórtice-semente, um átomo permanente (vide ÁTOMO PERMANENTE).
São regidos por um núcleo intermediário entre a mônada e o mundo material: a alma (vide ALMA).

Pode-se dizer que a estrutura do ser humano é basicamente composta de três núcleos: o regente, a mônada e a alma.

De maneira simplificada pode-se também dizer que a mônada está no centro da alma, e· o regente, no centro da mônada.

Esses três núcleos promovem e permitem o desenvolvimento do homem em fases específicas, até ele atingir o ápice da evolução como ente individual, o grau de Avatar.

Em seu retomo à Origem, esses núcleos conduzem a matéria dos corpos, que lhe serviram de veículo de expressão, pelo caminho ascensional.

A consciência do ser humano em evolução

capturar-02

Um núcleo de consciência polariza-se em um nível determinado, mas, quando amadurecido, tem poder de atuação direta ou indireta nos inferiores. Este gráfico considera as transformações que já começam a ocorrer na atual transição para consumar-se na etapa vindoura da Terra.

AVATAR. É o Regente em seu grau máximo de realização. Polariza-se em níveis imateriais (situados no plano astral cósmico). Manifesta livremente a energia divina.

REGENTE. Atua a partir do nível divino, primeira subdivisão do plano físico cósmico. Ao realizar-se, ascende ao estado de Avatar.

MÓNADA. Polariza-se na segunda subdivisão do plano físico cósmico. Também chamada nível monádico. É expressão direta do Regente no qual se fundirá em fases avançadas da sua evolução.

CORPO DE LUZ. Na atual transição planetária, está polarizando-se no nível espiritual, a terceira subdivisão e tornando-se ativo em muitos seres humanos.

ALMA. Transformadora da energia monádica para a consciência externa. Desenvolve o amor universal. Muitas almas já se estão polarizando nesse nível intuitivo, quarta subdivisão.

EGO. Núcleo de consciência que guarda o sentido do eu no relacionamento do ser humano com o universo concreto. Exprime-se por intermédio dos corpos da personalidade.

No início da sua evolução, o regente habita o primeiro nível (divino), o mais sutil do plano físico cósmico.

A mônada habita o segundo nível (monádico), em que se expressa pelo corpo monádico.

No terceiro nível (espiritual), a força dê vida monádica expressa-se pelo corpo de luz.

Para o nível subsequente, o quarto (intuitivo), está-se trasladando a alma, onde se expressa pelo corpo causal.

Segundo as transformações já em ato no planeta, os níveis materiais, inferiores ao intuitivo, são: o quinto (mental-astral), o sexto (astral-etérico) e o sétimo (etérico­físico).

Para a alma alcançá-los, toma-se necessária a criação de um vórtice intermediário, o ego (vide EGO).

Já a personalidade é fruto da experiência da alma neste mundo concreto; é a estrutura psíquica do indivíduo (vide PERSONALIDADE).

Após desenvolver sucessivamente esses três corpos, do mais denso ao mais sutil, e após eles se integrarem, o indivíduo deve unir a personalidade à alma.

Nesse processo o ego não desaparece, pois é canal para transmissão da força-vida-consciência ao mundo externo.

Sua vontade é que deixa de existir para prevalecer a vontade da alma (vide INICIAÇÃO).

Em seguida, a consciência polariza-se no corpo de luz, dando nascimento à personalidade espiritual, que tem como foco o corpo de luz (por isso se diz que o corpo de luz está para a mônada como o corpo mental para a alma).

Nele, a força-vida-consciência da mônada, que no decorrer da evolução foi vivificada no âmago causal, pode expandir­-se a âmbitos antes inacessíveis.

Assim como a alma chega à realização de exprimir-se por intermédio de uma personalidade humana, a mônada chega à realização de exprimir-se por intermédio da personalidade espiritual: o corpo de luz, o corpo causal e a personalidade humana integrados.

A partir de então, o fogo da mônada pode atingir de maneira pura os estratos materiais, com potência suficiente para dissolver os últimos laços que a prendem ao mundo concreto (vide Fogo CÓSMICO e Fogos); a mônada se integra no regente, que nessa fase estará prestes a ascender ao grau de Avatar e a penetrar em definitivo a imaterialidade da existência no universo astral cósmico.

Referência para leitura: A CRIAÇÃO (Nos Caminhos da Energia), O NASCIMENTO DA HUMANIDADE FUTURA e CONFINS DO UNIVERSO (Novas revelações sobre ciência oculta), do mesmo autor, Editora Pensamento.

Glossário Exotérico – Uma Obra Dedicada aos Tempos Novos (Trigueirinho) – Editora Pensamento 6ª Edição


Seu Feedback é MUITO IMPORTANTE para que possamos melhorar nosso conteúdo. Agradecemos por sua Contribuição.

Profundidade
2
Qualidade
2
Utilidade
2
Média
  Carregando, por favor aguarde yasr-loader


Caso deseje abrir um chamado técnico informando algum problema ou mesmo para dar uma sugestão, clique no botão abaixo.

Abra um Chamado em nosso SAC



03/11/2016

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz

Código do Certificado

Quem Está OnLine

Não há usuários online neste momento
top
X